Macroeconomia

07 Jul 2020

PIB do agronegócio cresce 3,78% de janeiro a abril de 2020

Em relação ao mesmo período do ano passado, puxado principalmente pelo crescimento de 8,22% do segmento primário (dentro da porteira).

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro teve alta de 3,78% no primeiro quadrimestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano passado, puxado principalmente pelo crescimento de 8,22% do segmento primário (dentro da porteira).

Os dados são da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), calculados em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Segundo o estudo, de janeiro a abril deste ano, o resultado se manteve positivo para todos os segmentos. Além da alta da atividade primária, o setor de agrosserviços cresceu 3,98%, seguido por insumos (0,97%) e agroindústria (0,44%).

Tanto a agricultura quanto a pecuária tiverem crescimento no acumulado do primeiro quadrimestre, de 1,72% e 8,01%, respectivamente. No segmento primário agrícola, os produtos destaques em termos de altas de preços foram milho, café, cacau e arroz, com altas superiores a 20%, além de soja, trigo, mandioca e cana.

 

Já o bom comportamento do segmento primário pecuário é reflexo dos preços elevados em 2020, com destaque para boi gordo, suínos e ovos. O resultado reflete um efeito inercial da forte elevação ao longo de 2019, relacionada à Peste Suína Africana.

“Se por um lado a demanda doméstica de carnes tem sido afetada pela crise econômica desencadeada pelo coronavírus, por outro, a demanda externa segue em alta puxada ainda pelos efeitos da Peste Suína Africana na China, e mais recentemente pela desvalorização do Real frente ao dólar que amplia a competividade das proteínas brasileiras”, diz o estudo.

Abril – O PIB do agro em abril teve alta de 0,36%, menor crescimento mensal registrado ao longo deste ano, diante os impactos da pandemia da Covid-19. Todos os segmentos registraram alta, exceto a agroindústria, que teve queda de 1,08%, pressionada pela base agrícola.

“Nesse mês, que foi o primeiro marcado em sua totalidade pelos efeitos das medidas relacionadas ao coronavírus, houve forte queda de produção da agroindústria de base agrícola, com baixas acentuadas para móveis e produtos de madeira, biocombustíveis, têxteis e vestuário e bebidas. Ao contrário, os segmentos de insumos e primário cresceram no mês, 0,46% e 3,26%, respectivamente”, explica a publicação.

Fonte:
CNA

 

Macroeconomia
Após dia volátil, dólar fecha perto da estabilidade com apreensão fiscal

O dólar fechou perto da estabilidade ante o real nesta terça-feira, com o mercado mostrando indefinição diante de contínua apreensão do lado fiscal.
29 Set 2020
Preocupação com contas públicas mantém pressão e Ibovespa cai 1,2%
O Ibovespa amplia o movimento da véspera, ainda refletindo a preocupação do mercado com a situação fiscal do país.
29 Set 2020
Dólar fecha acima de R$5,63, na máxima em 4 meses, em meio a risco fiscal
O dólar disparou nesta 2ª feira, com o mercado reagindo mal à definição pelo governo de que o Renda Cidadã será custeado por recursos que não virão de cortes de gastos.
28 Set 2020
Dólar fecha em alta seguindo exterior e avança pela 3ª semana seguida
25 Set 2020
O dólar fechou em alta ante o real nesta sexta-feira, ao fim de uma instável semana, em meio a renovados temores sobre o estado da economia mundial e a evolução da Covid-19
Ibovespa esvazia perdas no fim da sessão, mas encerra semana no vermelho
25 Set 2020
O Ibovespa reduziu perdas no final da tarde, fechando a sexta-feira praticamente no zero a zero, mas teve queda na semana, a quarta seguida no vermelho.
Dólar fecha em queda após superar R$5,62; exterior traz alívio
24 Set 2020
O dólar teve um "respiro" e fechou em queda de mais de 1% nesta quinta-feira, com investidores atentos ao noticiário sobre mais estímulos nos Estados Unidos.
Ibovespa fecha em alta com setor financeiro, mas sem fôlego para alcançar 98 mil pontos
24 Set 2020
IBOV fechou em alta, apoiado no avanço de ações do setor financeiro, mas sem fôlego para alcançar os 98 mil pontos, dada a volatilidade nos pregões em Wall Street.
Dólar flerta com R$5,60 e fecha na máxima em um mês com "sell-off" global de risco
23 Set 2020
O dólar disparou, rompendo a resistência técnica de 5,50 reais e flerta com 5,60 reais, num dia de fortalecimento generalizado do dólar em meio a temores sobre a economia global.
Ibovespa fecha abaixo de 96 mil pontos pela 1ª vez desde junho
23 Set 2020
IBOV fechou em queda, perdendo o patamar dos 96 mil pontos, enfraquecido pelas perdas nos pregões norte-americanos, após dados de uma recuperação difícil da maior economia do mundo.
PIB do agronegócio do Brasil cresce 5,26% no 1º semestre, diz CNA
23 Set 2020
O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio do Brasil cresceu 5,26% no 1º semestre de 2020 na comparação com o mesmo período do ano passado.
www.investbras.com.br
Contato
Fone: (34) 3832-0300
Rua Cesário Alvim, 1342 – 2º Piso, Sala 3
Centro - Patrocínio-MG
CEP 38740-040
Notícias sobre:
Investbras
Agente Autônomo de Investimentos

Ouvidoria Terra Investimentos
0800 940 0406