Macroeconomia

06 Jul 2020

Ibovespa avança com ânimo sobre retomada de economias e forte noticiário corporativo

O tom positivo prevalecia na B3 nesta segunda-feira, com o IBOV acima dos 99 mil pontos, em meio ao cenário benigno no exterior com perspectivas sobre retomada de economias.

O tom positivo prevalecia na bolsa paulista nesta segunda-feira, com o Ibovespa acima dos 99 mil pontos, em meio ao cenário benigno no exterior com perspectivas sobre retomada de economias e intenso noticiário corporativo no país.

Às 11:50, o Ibovespa subia 2,52 %, a 99.198,58 pontos. O volume financeiro no pregão era de 10,38 bilhões de reais.

Notícias otimista sobre o mercado na China puxaram o ânimo nas bolsas globais e dados sobre a atividade manufatureira nos Estados Unidos reforçavam a expectativa de recuperação rápida daquela economia, respaldando uma abertura de semana positiva.

Em Wall Street, o S&P 500 subia 1,5%.

 

DESTAQUES

- COGNA ON avançava 9,17%, após fazer registro da oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de ações classe A da sua subsidiária Vasta Platform Limited, junto à Securities and Exchange Commission (SEC) nos Estados Unidos. No setor de educação, YDUQS ON subia 3,10%.

- BRADESCO PN e ITAÚ UNIBANCO PN valorizavam-se 5,67% e 4,38%, respectivamente, em meio a sinalizações de que o Congresso não deve passar medida que contemple tributação nos moldes da CPMF, apesar de sinalizações sobre a possibilidade de pagamento de dividendos.

- B2W ON tinha elevação de 4,45%, após sua controladora LOJAS AMERICANAS anunciar oferta de ações de até 7 bilhões de reais que inclui a varejista online como um dos destinos dos recursos captados na operação. A Lojas Americanas disse que avalia a possibilidade de capitalizar a B2W em 3 bilhões de reais. LOJAS AMERICANAS PN subia 1,77%.

- COSAN ON mostrava acréscimo de 1,26%, após anunciar na sexta-feira um plano para simplificar sua estrutura societária em uma única holding, e a preparação para possível listagem em bolsa das subsidiárias Moove, Raízen e Compass.

- IRB BRASIL RE ON perdia 1,24%, conforme o papel segue sendo penalizado pelo anúncio de que fará captação bilionária para repor provisões técnicas regulatórias afetadas por fraude contábil.

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON subiam 3,09% e 3,91%, respectivamente, tendo de pano de fundo a alta do petróleo Brent no exterior, além de avanços em seu plano de desinvestimento. Os ministérios da Economia e de Minas e Energia também defenderam nesta segunda-feira em nota que a decisão da Petrobras de vender parte de seus ativos de refino não vai contra decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre desestatizações.

- MERCADO LIVRE, negociada em Nova York, subia 3,3%, ultrapassando a cotação de 1.000 dólares pela primeira vez, com o setor de comércio eletrônico amplamente ajudado pela pandemia de Covid-19, que fez as entregas online crescerem fortemente. No Brasil, VIA VAREJO ON avançava 2,44% e MAGAZINE LUIZA ON tinha alta de 0,42%.

- JHSF ON, que não está no Ibovespa, avançava 3,4%, mesmo após anunciar oferta restrita de até 44.427.950 ações ordinárias, com distribuição primária e secundária, que espera precificar em 15 de julho.

Fonte:
Reuters

 

Macroeconomia
Dólar fecha em queda por correção, mas se afasta de mínimas com piora externa

O dólar caiu 0,9% ante o real nesta terça-feira, com a moeda brasileira seguindo correção vista em outras divisas emergentes que recentemente sofreram expressivas quedas.
Hoje
Ibovespa segue piora em NY e fecha em queda; Linx dispara mais de 30%
Ibovespa fechou em queda nesta terça-feira, seguindo a piora em Nova York diante da falta de avanços nas negociações para novos estímulos fiscais nos Estados Unidos.
Hoje
Dólar vai à máxima desde fim de junho com exterior
O dólar começou a semana em alta, na 4ª valorização diária consecutiva e na máxima desde o fim de junho, puxado por um dia de moeda norte-americana fortalecida.
10 Ago 2020
Dólar vai à máxima desde junho com correção global de ativos
07 Ago 2020
O dólar engatou a terceira alta consecutiva, amparado por um dia de aversão a risco nos mercados externos em meio a dados nos EUA e incertezas sobre novo pacote de auxílio norte-americano.
Funcafé: liberação dos recursos na safra 2020 soma R$ 1,523 bilhão
07 Ago 2020
A liberação dos recursos do Funcafé aos agentes financeiros, na safra 2020, chegou a R$ 1,523 bilhão até ontem, 6 de agosto.
Ibovespa fecha em alta seguindo NY e Selic a 2%
06 Ago 2020
O Ibovespa fechou em alta pelo segundo pregão seguido, favorecido pelos ganhos em Wall Street e noticiário corporativo positivo.
Dólar fecha em alta com corte de juros e incerteza fiscal
06 Ago 2020
O dólar fechou em firme alta, com o real amargando o segundo pior desempenho entre as principais moedas um dia após o BC não descartar espaço para novo corte de juros.
PIB agro segue em alta em maio e crescimento no ano é de 4,62%
06 Ago 2020
Pelo 5º mês consecutivo, o PIB do agronegócio cresceu em maio, 0,78%, de acordo com cálculos do Cepea. Assim, o setor amplia o avanço no ano (de janeiro a maio) para 4,62%.
Dólar tem amplas oscilações no dia, mas fecha em leve alta com foco em Copom
05 Ago 2020
O dólar encerrou em leve alta, apesar da fraqueza da moeda no exterior, com expectativas do Banco Central ao anunciar mais tarde a decisão sobre os juros.
Contratação de crédito agrícola tem recorde de R$ 24,15 bi no 1º mês do Plano Safra
05 Ago 2020
O governo afirmou que todas as modalidades de financiamento tiveram alta no período, destacando um avanço de 110% no crédito para investimento, que somou 5,2 bilhões de reais.
www.investbras.com.br
Contato
Fone: (34) 3832-0300
Rua Cesário Alvim, 1342 – 2º Piso, Sala 3
Centro - Patrocínio-MG
CEP 38740-040
Notícias sobre:
Investbras
Agente Autônomo de Investimentos

Ouvidoria Terra Investimentos
0800 940 0406